quinta-feira, 29 de julho de 2010

Estreia em SP: "O Advogado de Deus"


Do livro para o teatro

"O Advogado de Deus" ganha adaptação para os palcos e será interpretado, a partir do dia 07 de agosto até 10 de outubro, no Teatro Santo Agostinho.

A obra
A história se passa nos anos de 1932 e 1951, no Rio de Janeiro, em uma época de boas músicas, romantismo e idealismos e conta a história de Alberto, um jovem em luta para reaver a herança e a verdadeira identidade, que lhe foram usurpadas por seu primo José Luís Camargo. Daniel Rezende é o jovem advogado idealista que aceita defender sua causa em juízo. O que se percebe no desenrolar da história é que existem laços espirituais de outra vida (século XVX), unindo Alberto, Daniel e a bela Lídia, que faz pulsar mais forte o coração dos dois rapazes. 

O enredo traz temas de candente atualidade, como o conflito entre pais e filhos, o confronto de valores entre gerações, a ética na política e nos relacionamentos pessoais e profissionais, a justiça e o imenso valor de um advogado corajoso e ético, que defende um injustiçado em luta para restabelecer a justiça, reavendo o que é seu por direito. Ao mesmo tempo, revela alguns mecanismos das relações espirituais, que frequentemente se originaram num passado remoto e têm prosseguimento na presente encarnação. 

Zibia Gasparetto

Nascida no dia 29 de julho em Campinas, interior de São Paulo, Zibia aprendeu a ler aos quatro anos de idade, mas não chegou a completar todo currículo escolar. 

Prestes a completar 84 anos, Zibia Gasparetto é um fenômeno editorial com a vivacidade de uma menina, encantada com a vida e esbanjando disposição. Em 1982 publicou seu primeiro romance "O Amor Venceu", data de 1956, que se tornou um sucesso editorial. De lá pra cá, a autora já escreveu mais de 30 livros e é normal encontrá-la trabalhando em três livros simultaneamente, lançando pelo menos um deles anualmente. 

Na pesquisa Retratos da Leitura, realizada em 2008 pelo Instituto Pró-livro e IBOPE Zibia aparece entre os autores brasileiros mais admirados de todos os tempos. Os números são impressionantes para a realidade do mercado brasileiro: 10 milhões de livros vendidos, mais de 30 títulos, entre romances, narrativas psicografadas e obras de sua própria concepção. São cerca de 50 milhões de leitores. Suas obras também já foram publicadas em Portugal, Colômbia, Espanha, Japão (em breve deverão chegar aos leitores da Itália, França, Alemanha e Rússia) e adaptadas para teatro. 

Ficha Técnica

O Advogado de Deus
Lúcius por Zíbia Gasparetto

Adaptação: Alberto Centurião
Direção : Valdir Ramos
Cenários e Figurinos: Nilton Araújo
Efeitos Visuais- Paulo Trevisan
Luz: Gil Teixeira
Som: Reynaldo Sapucaia
Camareira: Claudete Oliveira
Administração: Cris Marques

Elenco: Participação Especial RONNIE VON (como Lucius) em vídeo e Markinhos Moura

Alexandre Marques
Andre Luis
Carlos Falat
Edu Rodrigues
Débora Muniz
Dennis Derkian
Flávio Guarnieri
Liza Vieyra
Lucienne Cunha
Flávio Guarnieri
Ricardo Del Rey
Rosana Penna


Teatro Santo Agostinho

Rua Apeninos, 118 – Liberdade – 3209-4858
Sábados às 19hs e Domingos às 18hs
Temporada: de 07 de agosto a 10 de outubro.
Ingresso: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia entrada)
Classificação Etária: 10 anos

4 comentários:

  1. Oi Fernanda, tudo bem?
    Se não me engano nos conhecemos no Blog Sialexan e depois perdi seu contato. Adoro seus artigos. Parabéns!
    Agora não te perco mais...risos
    Abs,
    Alexandre Silva

    ResponderExcluir
  2. Interessante como a temática espirita vem ganhando espaço e sendo trabalhada no cinema e no teatro.
    Excelente post.
    Te sigo há um bom tempos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog, venho selecionando blogs temáticos que trabalhem na linha social, educacional, informativo e cultural. Sou presidente do Instituto de Pesquisa Histórica Regional (http://www.iphrpesquisa.blogspot.com/, vamos montar um banco de dados com páginas com conteúdo como a sua parabéns. Já estou te seguindo, o meu blog é: http://www.profludfuzzi.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Através dos nossos blogs, falamos ao mundo e já não somos uma ilha e nossa voz se irradia para consciência coletiva de toda a humanidade. Não deixe de Ler matéria e ver fotos em meu blog de como utilizar a arte para criar uma consciência de preservação do patrimônio histórico material e imaterial. MANTER VIVA A MEMÓRIA É UMA QUESTÃO DE IDENTIDADE, UM DIREITO HUMANO. Ainda de estar convidad@ para audiência pública, que se realizará sábado, dia 28/08/2010, nos Casarões da Barragem, onde houve o Campo de Concentração da Seca de 32, em Senador Pompeu, Ceará. Leia, veja, comente e divulgue:

    www.valdecyalves.blogspot.com

    ResponderExcluir